Da série promessa é dívida: Nosferatu (1922)


Considerado a primeira versão do livro de Bram Stoker para cinema... obra de Murnau, expressionismo alemão ... fotografia ótima, detalhe para a carruagem seguindo pelo campo ... numa cor sépia maravilhosa... vale um quadro..

Li sobre ele ser anti semita e sobre não haver nada de anti semita no filme..pensei ..assisti de novo e .. e minha conclusão é que por mais que Murnau não tenha sido anti semita, as metáforas ligaram o filme ao imaginário da Alemanha daquela época. É de se acrescentar que a população em geral não estava acostumada a cenas diabólicas em filmes...e aparece o nosferatu trazendo a peste do Oriente...

Duas coisas marcantes do filme ..é enfatizado que o Nosferatu seria vizinho de Reinfield...estaria ali a espreita de seu dia a dia, de sua esposa... (os judeus eram vizinhos dos alemães)...

O filme traz uma "inocente" Alemanha contra uma "esperteza" vinda de fora que visa sugar suas vidas...
Junto Nosferatu traz a peste para Bremem... muitos pensavam que os judeus haviam trazido a peste para a Alemanha , ou que havia criado através de mágicas a peste... o que aconteceu foi que o caos formado na Alemanha nessa época era devido a alta concentração humana em um pequeno centro ..logicamente iria haver mais doenças...e em Bremen havia uma peste na época.

O filme relaciona a morte do Nosferatu ...a morte dos ratos...e o fim da peste...muitas propagandas posteriores do nazismo traziam ratos representando os judeus.

O Nosferatu veio das terras do leste do país ( Oriente) de onde vinham os imigrantes judeus na época e uma coisa em particular eu observei: quando Reinfield recebe a carta do Nosferatu ela está em uma liguagem que parecem hieróglifos... o que o hebraico parecia aos Alemães da época???


Não que o filme seja uma apologia ao nazismo ..mas as sementes do nazismo foram plantadas usando o imaginário da população humilde da Alemanha... daí dá pra se pensar... como os EUA fazem hoje nos filmes com o terrorismo, pós guerra fria e outros casos mais.
Passo a bola para o Léo porque ele sim pode acrescentar um montão de coisas nesse post..


Ps. Vale a pena ver o filme...e mais... vale a pena ver o Dracula da Universal Studios com o Bela Lugosi... e ando atrás da versão em espanhol que dizem que é a melhor.

Comentários

Izabelle Costa disse…
Lany sempre com algo especial para lermos.

Postagens mais visitadas deste blog

Explicando o filme Presságio

Da série explicando símbolos judeus: hoje o CHAI

O amor não tira férias (the holiday) e Arthur Abbot ...e filmes antigos...